Surto de meningite causa preocupação e dúvidas

Recentemente, diversas notícias sobre o surto de meningite causaram preocupação na população brasileira. Para você ter uma ideia, entre 16 de julho e 15 de setembro de 2022, foram registrados cinco casos da doença meningocócica na cidade de São Paulo.

Parece um número pequeno, mas ele não deve ser ignorado. Segundo o G1, 56 pessoas tiveram meningite na capital paulista entre janeiro e setembro de 2022. Para você ter uma dimensão desse surto, assista à reportagem da TV Globo veiculada no dia 06 de outubro deste ano. Ela contou com a participação da Gerente Médica da Beep: a Dra. Cristiana Meirelles.

A boa notícia é que existe vacina para proteger contra boa parte das meningites bacterianas e alguns tipos da viral. Quer saber mais? Leia o post e fique por dentro das 11 perguntas mais frequentes sobre o assunto.

1. O que é meningite?


meningite é uma doença causada principalmente por bactérias e vírus, que levam a uma inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, chamadas de meninges. Quando a pessoa está com a doença, alguns sinais e sintomas que podemos suspeitar são:

  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Rigidez no pescoço;
  • Vômito;

Principalmente no caso da meningite bacteriana, o paciente pode ir a óbito ou ter sequelas, como a surdez. A boa notícia é que ela é uma doença prevenida por vacina.

2. Quais são os tipos de meningite?


Existem diferentes agentes causadores dessa doença, mas as mais importantes são a meningite bacteriana, causada por bactérias (que cursam com quadros mais graves), e a viral, causada por diferentes tipos de vírus, como o da herpes, HIV, caxumba e até da gripe.

3. Qual meningite é contagiosa?


A meningite bacteriana e a viral podem ser transmitidas de pessoa para pessoa, principalmente por contato com saliva e secreções respiratórias.

4. Quais são os sintomas da meningite?


Os sintomas da meningite podem variar de acordo com cada indivíduo. De uma maneira geral, a pessoa pode sentir:

  • Dor de cabeça;
  • Febre;
  • Rigidez no pescoço;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Fotofobia (que é o aumento da sensibilidade à luz);

5. Qual exame fazer para detectar meningite?


O principal exame para diagnosticar a doença é o líquor (líquido cefalorraquidiano), aquele coletado entre as vértebras da região lombar. O agente causador da doença é detectado por meio desse exame, que também mostra alterações que sugerem se a doença é viral ou bacteriana. Os exames realizados na amostra do líquor são:

  • Aglutinação pelo látex;
  • Bacterioscopia direta;
  • Cultura;
  • Exame quimiocitológico do líquor;
  • Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real (qPCR).

Contudo, pode ser necessária a realização de exames de imagem, como tomografia ou ressonância, a depender da avaliação médica.

6. Como se chama a vacina contra meningite?


Não existe uma única vacina contra meningite porque várias delas protegem contra essa doença.

Nomes de vacinas com proteção para meningite bacteriana:

Nomes de vacinas com proteção para meningite viral:

No caso da meningite viral, existem vários vírus que podem causar a doença e não há vacina para todos. Entretanto, as vacinas contra o vírus da caxumba, rubéolasarampo e gripe protegem evitando a doença por esses agentes. São elas a:


7. Essas vacinas são realmente necessárias?


É de suma importância manter em dia todas as vacinas, porque essa doença é potencialmente grave. Ela aumenta o risco de internação hospitalar, de sequelas no desenvolvimento neurológico de crianças, de perda auditiva e até de óbito.


8. Qual vacina da meningite não tem no SUS?

As vacinas contra meningite que não estão no SUS são:


9. Sou adulto. Preciso tomar vacina contra meningite de novo?


A resposta é: depende. Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a indicação é:


Tipo de vacina  Indicação
Vacina contra meningite meningocócica
  • Para adultos saudáveis, pode ser recomendada em casos de surto da doença ou se a pessoa for viajar para regiões com grande risco de transmissão;

    9. Sou adulto. Preciso tomar vacina contra meningite de novo?


    A resposta é: depende. Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a indicação é:


    Tipo de vacina  Indicação
    Vacina contra meningite meningocócica
    • Para adultos saudáveis, pode ser recomendada em casos de surto da doença ou se a pessoa for viajar para regiões com grande risco de transmissão;

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário