Radar da Seleção: Coutinho vive momento mais crítico após retomada na Inglaterra

O fim de semana de futebol na Europa teve a consolidação de algumas boas notícias para a seleção brasileira às vésperas da Copa do Mundo do Catar – faltam exatos 30 dias para a bola rolar para Brasil x Sérvia, em Doha.

Foi muito bom ver Casemiro subindo, marcando e vibrando muito no minuto final de Manchester United contra o Chelsea, no emocionante empate por 1 a 1 – por sinal, poucos dias de gol de Fred, que volta a ganhar espaço no time de Erik Ten Hag. Na Inglaterra, ainda saiu linda assistência do goleiro Ederson no jogo do Manchester City, uma semana depois de Alisson fazer o mesmo pelo Liverpool.

Também é animador ver Vini Jr. seguir a grande fase no Real Madrid, com mais dois passes para gol neste ótimo início de temporada do brasileiro, que terminou em oitavo lugar no prêmio da Fifa – o ponta atingiu a marca de 80 participações diretas em gol desde que começou no Real Madrid (186 jogos). Num fim de semana em que Matheus Cunha também foi importante, na segunda assistência na temporada pelo Atlético de Madrid.

Mas um jogador que parecia certo na lista de Tite vive novo momento de dificuldades, após bela retomada na metade de última temporada sob a batuta – e aposta – do técnico da Seleção. Philippe Coutinho entrou na segunda etapa na vitória de goleada do seu Aston Villa e não foi bem.

Foram apenas 19 minutos em campo, seu time já vencia por 3 a 0 (terminou fazendo mais um), mas enquanto esteve em campo Coutinho perdeu bolas (seis segundo o Sofascore), errou três passes de sete tentativas e tentou um drible, sem completá-lo.

O técnico Tite vai assistir ao jogo do Aston Villa, agora com novo técnico (Unay Emeri), no próximo sábado, contra o Newcastle de Bruno Guimarães. Depois desse, serão apenas mais quatro jogos até a paralisação para a Copa do Mundo. Mas apenas dois até a lista de 7 de novembro.

Coutinho certamente entrou na lista de 55 jogadores liberada pela CBF para a Fifa. Mas para entrar na de 26 vai precisar mostrar mais do que vem jogando nos últimos tempos. Se o titular Paquetá está em tratamento, Everton Ribeiro, que disputa espaço, mas tem características diferentes, é o principal concorrente de Philippe Coutinho entre os 26 de Tite.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário