Homem invade casa com carro para tentar matar o namorado da ex-mulher em RO

Polícia | 26 de Junho de 2018

(Foto: WhatsApp / reprodução )

(Foto: WhatsApp / reprodução )

Um homem de 35 anos foi preso após invadir a residência do namorado da ex-mulher com um carro, na segunda-feira (25), em Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho. Conforme a Polícia Militar (PM), o objetivo do suspeito era matar o namorado da ex por não aceitar o fim da relação.

 


De acordo com as informações registradas da Polícia Militar (PM), horas antes do crime o suspeito e a vítima brigaram em um clube de festas, ficando os dois com escoriações.

 

Inconformado com o fim da relação, o suspeito, acompanhado de um parente, foi até a casa do namorado da ex-mulher e invadiu a garagem com um carro. O veículo só parou quando bateu na parede do imóvel; duas motos que estavam estacionadas no local foram danificadas.

 


Para se defender, o dono da casa se armou com um machado e uma faca, mas os agressores fugiram do local.

 

Assustados com a briga, vizinhos acionaram a PM. O Corpo de Bombeiros foi chamado e encaminhou o casal até o pronto socorro do Hospital Regional.

 

Já no hospital, o suspeito, que também estava recebendo atendimento médico, entrou novamente em luta corporal com ao namorado da ex-mulher.

 

Após serem contidos, a PM deu voz de prisão ao agressor e o conduziu até a Delegacia Regional de Polícia Civil.


Segundo a Polícia Civil, em depoimento, o suspeito negou que tenha tentado matar o namorado da ex-mulher, alegando que foi agredido no clube de festas e que teve o carro danificado pelo rapaz.

 

O suspeito foi flagranteado por tentativa de homicídio e conduzido ao presídio masculino, onde está à disposição do judiciário.

Autor: Júnior Freitas, G1 Guajará-Mirim e Região


Acidente fatal - Máquina tomba e operador infelizmente não sobrevive

Facebook

©Copyright 2018 - Todos direitos reservados a Rondônia Geral

O site não se responsabiliza por conceitos emitidos nos artigos e nas colunas assinadas e também pelo conteúdo dos anúcios de terceiros.